quarta-feira, janeiro 04, 2006

Diálogo

O que fazias tu para mudar o mundo?

Sei lá, mas gostava de fazer alguma coisa.

Como por exemplo? E não me venhas com a ecologia ou a globalização, estou cansado de mais para causas perdidas.

Não deixa de ser estranho. Conseguimos imaginar ideias abstractas como a ecologia e a globalização e marcar posições claramente definidas, mas somos incapazes de por a mão a um desesperado na rua, um mendigo triste ou um velhote gasto e o principal, nunca tocamos em alguém que não faça parte das nossas relações, somos incapazes de tocar num estranho. Temos medo do contacto?

Claro que sim e é normal. Temos medo da porcaria e das doenças.

Podíamos pelo menos sorrir quando nos apetecesse?

Sorrir? Nunca sabes quem tens pela frente. Não vês as notícias?

Recebemos afectos por ondas magnéticas e circuitos integrados.

Cala-te lá com essas divagações. Afinal o que fazia para mudar o mundo?

2 comentários:

ivan (aka bandinho) disse...

ainda há pouco resondi a essa pergunta.


continuo a respirar, uma vez que a minha existência proporciona que este lugar seja um sítio melhor para viver.

e olha que isto de me manter vivo... é um esforço bem grande! eh eh eh

guevara disse...

ivan... ai o ego!

mmmm... mundo melhor... nem da para responder num comentario. melhor, acho que nem existe resposta! Não existe uma coisa para mudar!

Mas talvez as consciencias (alteradas) fizessem um circulo vicioso de boas vontades.