sábado, janeiro 07, 2006

Os melhores livros que li em 2005

Indo de encontro à edição de hoje do Mil Folhas (Balanço 2005), deixo aqui os melhores livros que li em 2005. Não estão em ordem de preferência (isso não consigo fazer), e a maior parte nem são edições de 2005.


A Mancha Humana
Philip Roth
Ed. Dom Quixote

Ruído Branco
Don Dellilo
Ed. Presença

Pensei Que O Meu Pai Era Deus
Paul Auster
Ed. Asa

Memória Das Minhas Putas Tristes
Gabriel Garcia Márquez
Ed. Dom Quixote

Luz Em Agosto
William Faulkner
Diário de Notícias

O Chão Que Ela Pisa
Salman Rushdie
Ed. Dom Quixote

Alta Fidelidade
Nick Hornby
Editoria Teorema
(apesar dos clamorosos erros de tradução ou impressão)

American Buffalo
David Mamet
methuen – modern plays

Loucos Por Amor
Sam Sheppard
Relógio D´Àgua

Teatro I e II

Harold Pinter
Relógio D´Àgua

5 comentários:

Bart Simpson disse...

Li pouco este ano. O que mais retive foi "Leviathan", de Paul Auster.

Nuno Vieira disse...

muito bom esse livro, a maioria dos Paul Auster são bons...

ivan (aka bandinho) disse...

boas escolhas!

secrethell disse...

pensei que o meu pai era deus...

boa leitura. gostei bastante.

zarolho disse...

Adorei o Alta Fidelidade (é assustadoramente real) mas desiludi-me com o último do Garcia Marquez. Como dizia alguém: a escrita está lá mas a história deixa a desejar. Mas continua a ser o escritor Nº 1!!!