segunda-feira, julho 18, 2005

Leituras 3



Pequenas histórias de difícil digestão.

3 comentários:

Nuno Vieira disse...

"Raymond Carver é um dos nomes grandes da literarura americana dos últimos quinze anos. Revelado aos leitores portugueses através de Catedral, depressa conquistou o seu apreço. seguiu-se De Que Falamos Quando Falamos de Amor, que lhe propocionou um público ainda mais vasto. Com a abra presente, estamos certos, ficará definitivamente consagrado entre nós. Infelizmente, já não conseguiu vir a Lisboa, onde o esperávamos em Outubro de 1988. A morte, prematura, levou-o em Agosto"

Informação tirada da lombada deste livro.

Bárbara Vale-Frias disse...

De difícil digestão? Ui!

Eu ando numa de Anjos e Demónios, Dan Brown. Não vejo a hora de chegar ao fim! :)

Nuno Vieira disse...

Confesso que li o Código Da Vinci (como podia não ter lido!). Vasculhei um pouco sobre Da Vinci e rapidamente voltei ao meu agnosticismo...