sexta-feira, setembro 30, 2005

Mestrado em Arrotos

Não pensem que é só encostar peito com peito e esperar. Isto dos arrotos da minha filha tem muito mais que se lhe diga. É umas palmadinhas nas costas, uma ligeira pressão no abdómen, um beijinho na cabeça, umas palavras de incentivo. Existem diversas técnicas explicadas por doutorados no assunto, ou seja, pais já formados no primeiro ano de vida dos seus rebentos. Alguém me dizia que tinha de balouçar um bocadinho para o ar subir, um amigo explicava que deitar o bebe um bocadinho de peito para baixo, ajuda também o excesso do ar a sair do estômago e ser expelido pela boca. Várias técnicas me foram aconselhadas nestes dois meses e meio, mas como manter o sangue frio às quatro da manhã e depois de meia hora de diversas manobras e sabendo que às oito e meia estamos a pé, isso, ninguém consegue explicar; deitamos a pequena ou aguardamos mais uns segundos porque o arroto deve estar mesmo a chegar? E se não chega? Este texto é uma tese de mestrado em arrotos, por também eu, já vou a caminho e a passos largos, para o doutoramento no arroto rápido e limpo.

6 comentários:

zarolho disse...

gases é q é pior!!

Rogue disse...

concordo....noites passadas em branco por causa de dores de barriga não me são estranhas.....felizmente a minha filha nunca me deu grandes problemas...

guevara disse...

cinco sobrinhos na bagagem... muitas noites a ser mãezinha!
muitos mestrados tirei eu!

mestrado em arrotos

mestrado em colicas

mestrado em bronquite-passa-a-noite-ora-respira-ora-não-respira

mestrado em troca-fralda-cinco-vezes-que-é-descarga-amarela

mestrado em não-vomita-com-descarga-amarela

doutoramentos só quando vierem os meus!

Enamorada disse...

Tu és lo mejor doctorado en la tesina de regoldar!
carinõ mio,
besito,
Mora

Cantareu disse...

Também vou meter bedelho...Eh!Eh!

É que eu também tenho um "acessório" desses lá em casa!
E se achas "compricado" agora, espera que ela cresça e te comece a responder à letra!

A minha fez agora oito anos e de prenda pediu...A CHAVE DE CASA!

Nuno Vieira disse...

As chaves de casa!?!?!

tás feito...